Mundo Moderno

As pessoas não tem mais tempo para relacionamento. É tudo trabalho, estudo e compromissos pessoais. Às vezes elas têm tempo para sexo, mas aquele sexo frio, sem nenhuma mensagem depois.

No começo foi difícil me adaptar a essa nova modalidade. Após viver um relacionamento de tantos anos, a cada transa casual era como se eu encontrasse um novo candidato ao posto de namorado. Tudo uma grande farsa. A pessoa se mostra a mais incrível e compatível possível, mas só naquele momento mesmo. Depois que cada um vai para o seu lado, esquece completamente da sua existência. Não estou acostumada com essa nova forma de relacionamento. Nem com a possibilidade de repetir depois, o tratamento não é diferenciado.

Sexo casual é uma delícia, não podemos negar. Mas toda a frieza do pós é mesmo necessária? Por acaso o outro acha que você vai morrer de amores se trocarem mensagens depois? Confesso que mesmo com a ausência disso, já fico imaginando um futuro amoroso. É isso que dá após um relacionamento tão duradouro. Desaprendi a arte da conquista. A última vez que estive solteira ainda era virgem. Hoje já não consigo não transar no primeiro encontro.

Será que é isso que está me sabotando? O machismo que beira o ridículo? O cara quer aquilo rápido, mas se o tem, perde o interesse logo em seguida. Sabe… queria ter um coração frio e desligado igual ao dos homens. Deve ser por isso que os gays têm se dado tão bem. Homens se entendem como ninguém.