Os Dilemas de uma Sugar Baby

Ser uma sugar baby não é nada fácil

Às vezes, eu não sei o que faço

Ele tenta me controlar, é possessivo e ciumento

Muitas vezes tenho vontade de pedir um aumento

Ser uma sugar baby não é nada fácil

Ainda mais se ele for um velho acabado

Que por insegurança comete cada atrocidade

Demonstrando não ter nenhuma maturidade

Se você também quer ser uma sugar baby

Então precisa aprender

Muita paciência terá que ter

Todo o seu tempo ele vai querer

Não sei mais quanto tempo aguento nessa relação

Prefiro batalhar sozinha o meu ganha pão

Ele tenta, mas não consegue ganhar meu coração

Minha vontade é de sempre lhe dizer não

Somente às vezes

 

Às vezes gosto dele

Às vezes não

Às vezes me sinto grata por tê-lo em minha vida

Às vezes amaldiçoada por precisar da sua ajuda

 

Às vezes me sinto empolgada pelo reencontro

Às vezes aliviada quando chega ao fim

Às vezes me interesso por espontâneo

Às vezes finjo estar interessada

 

Às vezes acho ele engraçado

Às vezes patético

Às vezes acho que posso gostar dele

Às vezes tenho certeza que não

Ausência de Amor

Hoje eu acordei e me dei conta que ninguém preenche o meu coração. E senti falta de gostar de alguém. Cadê aqueles tempos de escola em que eu era apaixonada por alguém? Aquele tempo em que acordava feliz por ter a minha cabeça ocupada, maquinando como conquistaria esse alguém?

Hoje não há ninguém que faça o meu coração bater mais forte. E sinto falta disso. Falta de estar apaixonada. Falta do frio na barriga. Falta daquele “a mais” em nossas vidas.

Você percebe que seu coração está vazio, quando ouve uma música de amor e não sabe em quem pensar. Até quando meu coração continuará vago?

Lembranças e Comparações

“Tô fazendo amor
Com outra pessoa
Mas meu coração
Vai ser pra sempre seu”

(Alexandre Pires)

A música “Depois do Prazer” me define nesse momento.

Hoje tive a oportunidade de transar com alguém que não fosse ele. E apesar do sexo ter sido imensamente satisfatório, essa pessoa não conseguiu supri-lo nos outros quesitos.

Inteligência, papo, ideias, roupa, cueca, estilo, jeito, cheiro, dote. Toda e qualquer comparação não foi equivalente.

Será que quando ele também transar com outra mulher, passará pela mesma situação?

Ou será que ele saberá escolher uma que me supere em tudo?

Será que algum dia voltaremos a transar?

Tristeza e Solidão

Primeiro de abril

Dia da mentira

Páscoa

Solidão

Desânimo

Bad

 

Como me sinto infeliz hoje

Só não passo o dia dormindo, pois até o sono me abandonaste

Como me sinto uma fracassada

Por querer muitas coisas e não tê-las

Entre elas, ele

Ainda penso nele

Hoje mais do que nunca

Sempre que estou mal penso nele

 

Como me sinto uma idiota

Por ter acreditado nas suas doces palavras

Bem que me avisaram, mas eu estava encantada

Agora só quero ficar parada, olhando para o nada

Inutilizada

 

Vira e mexe me sinto assim

Desde que terminamos